Principal erro ao montar um curso online

Publicado em 29/09/2016 às 09h47

Um dos grandes erros ao começar o processo de produção de vídeos, ou mesmo na etapa inicial do plano de curso é gerar expectativas de sucesso sobre números e experiências de outras pessoas.

Será que qualquer profissional consegue montar seu curso online?

Antes quero trazer uma citação de Dan Gardner:

Nós tendemos a nos agarrar a qualquer coisa que sirva para basear algo em que acreditamos, enquanto recusamos aquelas que não apoiam nossas crenças. Quando fazem previsões, as pessoas tendem a tirar conclusões muito cedo e continuar com elas mesmo com evidências de erro

E agora vem o erro:

Mário sempre teve uma carreira de sucesso. Suas palestras sobre tratamentos de câncer foram sempre cheias e médicos qualificados sempre lhe deram ótimos feedbacks sobre seus argumentos.

Mário tinha competência e bastante capacidade de refletir sobre as dificuldades dos médicos na prática da medicina para combater câncer. Mas Mário queria para de dar tantas palestras, porque ele se desgastava demais e as despesas sobre estes encontros lhe davam muitos custos.

Mário sempre entendeu que sua missão era nobre, afinal de contas, esclarecer médicos sobre o combate ao câncer era algo extremamente valoroso, mas isso também impedia Mário de criar uma realidade de prosperidade.

Como fazer para mudar esta realidade?

O médico entendeu que um curso online poderia ser a solução. Ele viu números expressivos de outros profissionais de segmentos diferentes e começou a sonhar alto com as inúmeras possibilidades financeiras. Além de levar o conhecimento para a educação à distância, ele conseguiria democratizar o acesso ao conhecimento que desenvolveu por anos.

Mário percebeu que também poderia ter rentabilidade para conquistar suas aspirações pessoas, ter mais tempo para pesquisar e criar novas alternativas para ensinar mais médicos.

Imagine você que depois de 4 meses investindo na produção de vídeos para criar seu infoproduto, Mário teve um lançamento de curso no método de funil de vendas e não teve bons resultados. As vendas extraordinárias que tinha visto em outros segmentos não se repetiram para ele. Mesmo sendo um médico respeitado no universo médico, Mário amargurava a decepção do seu curso online não ter procura.

Qual foi o erro que Mário cometeu?

O médico não teve erro nenhum na aplicação do método. No entanto, o público que Mário é referência não tem a cultura de comprar cursos por internet. Aquilo que eles investem em cursos presenciais não está amadurecido para investir num curso online. Por mais que ele tenha credibilidade.

O que aconteceu?

Mário não construiu sua audiência.

Quando temos contato com a experiência dos outros e nos encantamos com os resultados, acabamos sendo até negligentes. Voltamos à citação do início de Dan Gardner. Quando queremos muito ter os resultados de sucesso, acabamos nos iludindo com a ilusão de que para construir é muito fácil. Na verdade não é.

Quem disse que o sucesso é fácil? O seu sucesso foi fácil de conquistar, Mário? Acredito que não.

Prosperidade no seu curso online está na construção das etapas. Por isso, seu maior erro é negligenciar uma das etapas para gerar resultados. E qual seria a primeira etapa que Mário deveria ter feito? Construir audiências. Assim é ponto de partida para seu infoproduto, a solução para seu vínculo com o ensino à distância.

A construção de audiências está na qualificação do público que poderá assinar, comprar, participar de seu curso online. Sem o início da doutrinação do seu público, como você irá romper as barreiras das objeções? Não é possível. Mesmo quando o público em questão já tem a cultura de consumir infoproduto, você deve ter a condição de se tornar referência perante este pessoal que poderá ser seu aluno.

Independente de seu segmento, seja curso de transformação, equilíbrio emocional, formação profissional, cursos livres ou cursos graduados e pós graduados, precisa passar pela etapa da construção de audiências. 

Mário atendeu a todas as etapas, mas esqueceu de encontrar seu início. Por este motivo não criou engajamento. E neste aspecto, sua força de atuação na educação presencial com suas palestras não foi suficiente para alavancar sua educação à distância. O público que seguia ele em suas ações presenciais não era o mesmo que comprava online.

Antes de pensar em seu curso, precisa pensar em sua ação de marketing para ativar pessoas com perfis compradoras. 

Seu infoproduto, ótima ferramenta de ensino à distância, terá força motriz para criar vínculo e ser efetivamente um curso online que traga transformação. Com produção de vídeos, você encontrará nas redes sociais as ferramentas de divulgação. Assim começa sua construção de audiências. Educação à distância é uma de nossas especialidades. Quer mais informações ou construir seu curso com a I AÇÃO? Mande seu recado e vamos aprofundar sua prosperidade. Até mais.

Enviar comentário

voltar para Blog

||fwR center tsN|||image-wrap|news b01 c05 bsd|sbww|b01 c05 bsd|login news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|c05|content-inner||